quinta-feira, agosto 17, 2006

Religião

Ponto prévio: sou ateu. Por isso, esta deve ser a primeira e última vez que vou falar sobre religião aqui, e não quero tocar em assuntos controversos nem com uma vara de 10 metros para não arranjar encrencas com o clero. Também não vou estar aqui a dizer banalidades sobre a vida do papa João Paulo II. Há decerto informação em barda na net, escrita por pessoas letradas, pelo que é só procurar.
Queria só testemunhar duas coisas:
1ª: é bastante significativa a participação da população em geral (novos e menos novos) nas cerimónias religiosas. Isto é particularmente notório quando muitos dos jovens dizem que vão regularmente à igreja (e neste caso ao contrário dos tugas, não é somente quando existem casamentos);
2ª: na cidade onde estou, Cracóvia, existe um número fora do comum de freiras a circular na rua. Das duas uma: ou existem aqui muitas, ou então não vivem tanto em reclusão como as correligionárias portuguesas. É que apesar de não ser religioso, há algo na tranquilidade emanada pelas freiras que me inibe/censura cada vez que cruzo com alguma delas. Ou então também poderá ser por causa de algumas terem bigode ...

Kościół Mariacki

3 comentários:

your disse...

phentermine nice :)

Anónimo disse...

LOL, és um gajo perverso... coitadas das freiras... ;P
Abraço
David

Anónimo disse...

é um espetaculo do caraças lolol XD