quinta-feira, dezembro 27, 2012

Estereótipo do tuga com mulher polaca II

Encontrei um vídeo que se o objectivo era apresentar todos os pré-conceitos que os polacos têm sobre os portugueses, conseguiu-o praticamente na perfeição. Aqui está o link.
A loira polaca começa a entrevista logo a matar: diz que " a primeira impressão que teve dele foi que o melhor era manter-se distante porque ele tinha o ar de quem troca de mulher a cada dia".

A entrevistadora também estava com ela fisgada para bater no tuga, pois afirma que " os portugueses chegam sempre atrasados". Por causa da enorme maioria ser assim, vai tudo para o mesmo saco. Quando ela pergunta para caracterizar como são os portugueses, a resposta que teve da rapariga foi: " tipo macho, umas eternas crianças, muito agarrados à mamã e também à família". Sobre as mulheres portuguesas foi igualmente simpática: " não são mulheres a 100%, muito raramente se maquilham (só em ocasiões especiais)". Por oposição, os portugueses que ela conhece " cuidam-se mais do que as mulheres, dão muita atenção ao cabelo e passam eternidades em frente ao espelho e a colocar produtos de beleza". Ou seja, só conhece metrosexuais.

A entrevistadora continuou na sua diatribe incendiária dizendo que ouviu que os portugueses não fazem limpezas. A resposta foi liminar: " de todo! não limpam, não fazem nada em casa. Isso são tarefas da mãe ou da mulher, que deve limpar, cozinhar e ainda por cima trabalhar como o marido". O tuga não só não rebate isso, como confirma.
Aliás, o entrevistado português ajudou e de que maneira à festa. Conduzir o carro é coisa para o homem, e não para a mulher pois é assim que é em Portugal. E quando lhe perguntam o que gosta de fazer a resposta foi "jogar futebol, beber cerveja com os amigos, ficar muito tempo na cama e ao domingo ficar no sofá". Fascinante.
O melhor ficou claro para o fim. Segundo ela, os portugueses falam muito de sexo às refeições. Partilhou um episódio em que na 1ª vez que foi apresentada a um dos tios dele, à mesa, ele lhe perguntou quantas vezes por dia iam para a cama. Quando lhe perguntam se os portugueses são engatatões, a resposta (com suspiro longo) foi "oi, sim. sim, sim.". Mas ela não tem ciúmes, porque ele já tem ciúmes suficientes e então é melhor que ela não tenha também. Depois fica também no ar a ideia de que ele não gosta quando ela vai sair só com amigos. E da maneira como foi dito, até parece que isso é algo anormal ou errado. A piéce de resistance vem quando ela diz que em Portugal "muitas vezes os homens traem. é normal o homem trair a esposa.".  
Com toda esta perspectiva sobre os "homens portugueses", a Magda casou com o Daniel. E deram esta entrevista a um dos programas mais populares das manhãs televisivas da Polónia. Eventualmente visto por milhões de mães e avózinhas polacas que irão ficar com uma bela perspectiva sobre namorados portugueses que possam aparecer algum dia pelas suas casas.

10 comentários:

justyna disse...

yeah, I just think the "loira" wanted to be on TV and the reporter wanted to have her material so they had to come up with something controversial cos otherwise who would want to watch a program where she would keep boasting about how happy she is - good things don't sell well in Poland unlike bad things which sell like hot cakes
it's sad really

Geraldo Geraldes disse...

one can only assume that with all those negative aspects, the guy compensates the "loira" in some other thing.

Ricardo Taipa disse...

Porra... mais um prego para o caixão.

Pedro disse...

This interview could not be more wrong in any aspect, I am Portuguese and my fiancée is Polish, and in our home most of the times I do the dinner, I have already done pierogies! with a risois machine from Portugal :)
I like to have everything perfect so I am always cleaning something at home, its my latin way of keeping an house nice.
Futebol I dont like it and some evenings I stay at home with a glass of red wine while my fiancée goes out.
This so called Portuguese macho Daniel, could not be any further away from the real Portuguese men.

PM Misha disse...

I know them, Dani is part of my "brotherhood" here in Warsaw, a true buddy and I tell you: he doesn't qualify to represent. he's from the north and guys there are different from guys from Lisbon which are different from us (I'm from the Algarve).
And seriously, he's not that different from all us - the portuguese.

Geraldo Geraldes disse...

A verdade é que nos 6 minutos desta reportagem é pintada uma imagem muito negativa dos portugueses. Os comentários deixados no canal da TVN também corroboram que a loira polaca carregou forte e feito nas palavras. A única coisa positiva que passou sobre os portugueses é que são muito ligados à família, e até isso foi dito com um tom negativo.

ps: gone is the time when portuguese husbands could stay at home doing nothing and it was the wife that did everything. In the North, Lisbon and Algarve.

justyna disse...

from what you're saying Portuguese men make much better husbands than Polish men... keep up the good (house)work boys!!! :]

Anónimo disse...

Há pessoas que por 15 minutos de fama fazem tudo! Neste caso foram só 6 e o que fez foi nitidamente errado para não utilizar a palavra "m...". Eu não me enquadro na categoria de preguiçoso, pseudo-macho e a minha esposa polaca corrobora na minha opinião! por isso este senhor não me representa como homem portugues! representa-se apenas a ele e a sua falta de uma coisa preciosa chamada inteligencia!

NREIS disse...

Eu sou casado com uma Polaca. O anterior casamento dela foi com um Polaco. Com muito mais razao de queixa e verdade, mas o que ela pensa do marido Polaco e muito pior do que a Loira dis dos Portugueses

Debora Soares disse...

Trocar um polaco com um português e como trocar um Ferrari como um fusca kkk não tem nem metade da beleza ... Nunca vi estrangeira que fosse casada com português que não fosse por interesse... Homem português no geral e baixo , muito arrogantes em comparação aos outros... E ainda se acham nunca ouvi mulheres falarem em homens portugueses ... Sempre falam nos italianos.