sábado, janeiro 31, 2009

Cinema polaco a passar a perna ao português

É ponto assente que o cinema português é algo menor face ao polaco, e um dos últimos filmes portugueses (Second Life) prova isso de forma cabal. Começa logo mal quando escolhem para actor principal do filme um polaco gadelhudo - Piotr Adamczyk - que mais parece um Granger com 38 anos. Não sendo suficiente, anda à molhada ao mesmo tempo com a Liliana Santos e com a Sandra Cóias. Pois é, assim como há muitos portugueses a casar com polacas, convém lembrar que há polacos a safarem-se com portuguesas (e sim, eu sei, dirão algumas más línguas: "bom proveito!").Pior, ao ver a biografia do homem, li que um dos últimos papeis dele em filme foi como o papa João Paulo II. Eu imagino a linha de pensamento do responsável para o casting: "...epah, então quem é que nós havemos de escolher para estar no meio das desnudadas Liliana e da Sandra enquanto batem pratos??? Já sei, um polaco que fez de papa!... ". Do mal o menos, alguém limpa o sebo ao gajo.
E já agora, porquê um título em inglês? Se era para dar um ar mais internacional à coisa, eu por mim sugeria era terem o Manuel de Oliveira como co-realizador. Isto porque é o mais conhecido além portas, e o seu gosto por longos planos estáticos decerto seria aqui apreciado pelo público em geral.

8 comentários:

Sara disse...

Já viste o filme? Consta-me que a história está fantástica! Um dos realizadores mora aqui em Szczecin e daí a escolha do actor polaco. É que assim em vez de o filme passar só no cinema portugues, vai passar a ser a primeira longa metragem portuguesa a passar num outro país que não o nosso (sem contar com festivais de cinema). Penso que lá para março/abril vai sair cá na Polonia. Vai ver e depois então comenta ;)

Rui Vilela disse...

Second life = www.secondlife.com

Gonçalo disse...

Ah ah ah!! Esse filme é tão mau!! Além disso, há muito tempo que há longas metragens portuguesas a serem exibidas fora de Portugal, ou achavam que era preciso um realizador de Szczecin que afinal acabou por não figurar como realizador, para meter umas portuguesas de mamas ao léu e exportar o filme? Eh eh eh

Sara disse...

Gonçalo,

Dá-me um titulo de uma longa metragem a passar no cinema estrangeiro...

Ainda não vi o filme, só partes dele portanto não posso dizer se é bom ou mau... ainda.

Beijinhos ;)

Anónimo disse...

http://artespessoaseeu.blogspot.com/2009/02/fui-versecond-life.html

Anónimo disse...

Em relação à creditação do realizador por vezes é melhor estar informado...santa ignorância, Gonçalo!!!

http://www.imdb.com/title/tt1285248/

Gonçalo disse...

A expressão "santa ignorância" é tão portuguesa. Foram chicos espertos que a criaram, vê-se logo. Não entendi para que me deram o link do imdb. O que diz lá no espaço do realizador? Miguel Gaudêncio e Alexandre Valente, não é? Terei lido mal? Se calhar preciso de óculos. Quanto ao resto, as amiguinhas podem ir ver um filme português nada antigo, como por exemplo "Amália", a vários cinemas fora de Portugal já que a produtora o exportou para mais de 20 países. Mas não há muitas mamas nesse filme...

Luis disse...

Em varsóvia houve um workshop de cinema Português, acho que isso pode dizer alguma coisa...
E já agora, existe um local muito bom em Łódź onde passam cinema polaco com legendas em inglês =P