terça-feira, novembro 18, 2008

Vinhaça portuguesa na Polónia - Adega

Já aqui tinha falado na possibilidade de comprar vinho português na Biedronka. Mas além dessa possibilidade (limitada a uns 3 ou 4 vinhos), há uma cadeia de lojas que só vende vinhaça tuga (entre outros produtos nacionais). O nome das lojas é Adega (algo que julgo de fácil pronúncia para os polacos) e o site é http://www.norpolska.pl/ que tem os produtos comercializados.
O dono é um português que começou este negócio por volta de 2002 em Poznań, e neste momento já vai com 14 lojas espalhadas por Auchans e Tescos em várias cidades polacas. Em traços gerais, a maioria das lojas localizadas em zonas comerciais de hipermercados têm cerca de uns 10m2, apenas um colaborador para atendimento ao público, e um público-alvo da classe média. Como muitos dos produtos que esta adega vende são em Portugal propriedade da Unicer (vinhos, a Superbock, cafés), isto na minha opinião continua a ser um balão de ensaio que está a correr bem até que consigam estar criadas condições para se verem nas prateleiras dos supermercados polacos vinhos portugueses (além do obrigatório Vinho do Porto). Porque é triste ver tanto vinho do Chile, África do Sul, Austrália, e Portugal que até está só a 3500km da Polónia, não consegue ganhar dimensão e preços competitivos para educar a nação polaca a descurar um pouco os shots de vodca para uns cálices de vinho.
Os preços é que em relação ao mesmo produto em Portugal, a conta obrigatória é multiplicar sempre o preço por 2 ou 3 (no mínimo). Há que dar para o transporte, e impostos, e mudança de rótulos e uma margenzinha de lucro....
Na foto, a montra da loja nº1, em pleno centro de Poznań, a dois passos da praça central.

10 comentários:

cadu1981 disse...

boas... não pude deixar de comentar... quanto estive em wroclaw com os pais da minha ex-namorada, reparei que só bebiam vinhos da california e do chile, bem carotes e não podiam dizer mal deles... o que acontece é que as garrafas de porto, moscatel e abafado caseiro que o meu pai faz la em casa desapareceram que foi um instante... era com cada copázio....

Fernando Pires disse...

Viva!

Venho deixar uma sugestão. Há um blog de um jornalista (jorge Fiel) que passou uma semana na polónia no inicio de setembro e que diariamente desde há três meses (sim, três meses) disserta sobre a experiência dele na polónia, historia da polonia, etc... Ele escreve a um ritmo impressionante de um post por dia e já li por lá coisas interessantíssimas. lavandaria.blogs.sapo.pt

Acho que pode ser uma referência para os portupolacos :)

Cumps, Fernando

Ed disse...

Boas, como conheces a vida na Polónia gostava de te fazer duas perguntas, a primeira era se vale a pena fazer Erasmus praí?? A segunda, qual é o custo de vida médio mensal em opole!!

obrigado

Geraldo Geraldes disse...

Hello.
Epá, não me esqueço de uma vez ter ouvido que uma amiga de um amigo agarrou-se ao vinho do porto pensando que se tratava de vinho normal e mamou a garrafa quase toda de uma vez. Não deve ter visto que aquilo tinha 20º.
Brigado pela sugestão desse blog, já dei uma espreitada e está interessante.
Quanto à pergunta sobre Erasmus na Polónia e se vale a pena. Eu não sou talvez a pessoa mais indicada para responder a isso, porque nunca fiz Erasmus. E também não sei o que para ti é relevante para que "valha a pena". Não sei se o que procuras é o contacto com métodos de ensino diferentes, compreender um pouco da cultura de um país da europa central, veres-te livre dos teus familiares chatos por 6 meses ou mandares um chuto à tua namorada portuguesa e conhecer pachachas de outras latitudes. Não sei. Decerto pela leitura de blogs de ex-erasmus tugas na Polónia terás uma noção do que esperar. Quanto ao custo de vida em Opole, opah: quarto duplo a partilhar com outro inútil (estudante) em residência universitária deve rondar 300/400pln. Um bigmac custar-te-á uns 11 Pln. Com 250 euro por mês é o custo básico da sobrevivência. Depois com os extras da cerveja, vodka e Cia, sky is the limit. A sério, Opole não será caro (66% custo de Lisboa)

cadu1981 disse...

Ed... gaijas...montes delas...linda, bonitas, altas.. olhos e pernas estonteantes, no verão so mini-saia e calções curtos... mesmo que vás comer fora fica muito barato em relação a PT... aproveita... se bem que é um bocado frio... e elas são mesmo muito muito giras... ou não tivesse tido uma namorada polaca...

smacznego_pt disse...

"elas são" não só "mesmo muito muito giras", mas também muito mais cultas, interessantes, acessíveis, descomplexadas, outgoing, activas e simpáticas que as mulheres tugas.

As polacas ganham de goleada em todas as frentes.

cadu1981 disse...

smacznego_pt, marquei muitos golos...

Filipe disse...

essa loja em poznan serviu para eu matar o gostinho da verdadeira super bock e claro de um bom vinho (incacreditavel a maior cadeia de distribuiçao, ou das maiores, na polonia ser TUGA e la n se encontra Vinho em condiçoes):)

Ed quanto a opçao de erasmus na polonia, vou-te dar um conselho: NAO PENSES DUAS VEZES E MANDA-TE PARA LA :)

Vais encontrar um sistema de ensino, que em alguns casos esta muito acima e mais evoluido que o nosso, no que toca a condiçoes de ensino, metodos e qualidade. aliado a isto tudo é um pais com um custo de vida inferior ao nosso, o que é bom para a nossa carteira (em 2006 pagava 280pln por um quarto indivual; 6 pln por uma refeiçao na cantina e 10 a 12 pln num taskinho; 4pln por 1a cerveja de 0.5L num bar e 6pln por uma branca, se bem que so te aconselho a beber cerveja e vodka :))

a titulo de curiosidade a 1ª vez que pedi uma vodka limao, a gaja do bar serviu-me a vodka sem gelo e com uma rodela de limao :)

tudo o resto ED tens que ir la descubrir e no final vem contar como foi essa aventura:)

Filipe

cadu1981 disse...

Filipe, o que tá na berra é a verdadeira SAGRES... patrocina o benfica.. tá tudo dito

Anónimo disse...

Boas, eu estive em Poznan quase um ano em erasmus.

e por todos os motivos aconcelho a ir já para lá.

em relação à adega portuguesa.

só não gostei de ter comprado lá um mateus rose..que na parte de tras da garrafa dizia

"made in Spain"