quinta-feira, janeiro 03, 2008

Mitos - na Polónia faz frio como o diabo

Aquando da minha presença por terras lusas agora no Natal, das perguntas de lugar-comum que as pessoas vão fazendo, está destacada a: "então, aqui faz menos frio, hein?". A resposta, não é de todo linear. É verdade que agora, estão -7 graus na rua. Está a nevar. Tenho de andar com um casaco que me transforma numa espécie de boneco da Michelin.
Mas frio à séria, mesmo mesmo, é aquele que passo no meu quarto da minha santa terrinha em Portugal. Ali sim, passo frio, de manhã, ao acordar enquanto procuro incessantemente, em trajes menores e com as partes pudendas a arrefecer, as minhas vestimentas. Talvez seja por ser umas águas furtadas, ou as janelas deixarem entrar vento como o camandro, ou por não ter aquecimento central, ou um misto de tudo. Verdade, verdadinha, é que passo mais frio em Portugal do que na Polónia. Aqui (Polónia), as casas estão quentes, os locais de trabalho quentes estão, é socialmente aceite andar com ceroulas, e pode-se andar de gorro sem ser conotado imediatamente como chunga. Portantos, em Portugal faz menos frio o tanas. E nem sequer falei de como o frio aqui é mais seco, ao passo que em Portugal aquilo se mete pelos ossos adentro, que parecem picadas senhores.

3 comentários:

maria zubrowka disse...

Apoiado! O mesmo aqui.
Feliz 2008 pan Geraldo

Jonnhy Tavares disse...

É exactamente verdade, fez dia de reis o dia em que cheguei a Portugal de umas ferias magnificas na Polónia mais propriamente em zakopane, e tambem posso dizer que apesar dos 15 graus negativos não senti aquele Frio que em Lisboa já passei mesmo com temperaturas positivas, o frio é diferente, apesar de no dia em que visitei Auschwits foi o pior frio que senti na pele enquanto esperava pelo autobus to kraków...

Joao Quaresma disse...

Muitos estrangeiros dizem que Portugal é o país mais frio da Europa... dentro de casa. Experimentem morar num apartamentozinho turístico no Algarve, daqueles contruídos só a pensar no Verão, sem isolamento e com uma fachada só em vidro simples, e ver o frio que se rapa no pingo do inverno.