quarta-feira, setembro 07, 2011

Emigrantes polacos em Londres - série TV

Há uma série que começou em 2008 e que estou agora a ver chamada Londynczycy. Numa frase, é uma série com ares de telenovela sobre a vida dos emigrantes polacos em Londres, seus problemas, paixões e tudo e tudo.
A título de exemplo, num único episódio é possível ter isto:
- Empregada de limpeza polaca que tem vergonha de falar com os compatriotas
- Um senhorio maricas com ares de Paquistanês que tenta seduzir o “inocente” traficante de droga polaco.
- O gajo com formação superior que trabalhava num bar e nas obras, que voltou à Polónia depois da noiva polaca lhe ter posto um valente par de cornos ao dormir com o colega de apartamento (vindo depois a saber que também lhe roubou as poupanças).
- A rapariga com ares de inocente que imigra da aldeia para Londres, sendo usada como correio de droga e à chegada a Londres roubada de toda a sua bagagem.
- A polaca que anda a fazer biscates, enquanto não consegue concretizar o sonho de ser modelo.
- O empreiteiro polaco que com a sua equipa de polacos vai trabalhando na construção civil.
- A enfermeira polaca que tendo o marido e filho longe dela por três anos, se apaixona por um colega médico nativo da Índia (a parte do encornanço por parte das emigrantes polacas repete-se), tendo o marido descoberto quando veio com o filho para tentar viver com ela em Londres.
- Ou o polaco trabalhador na City, sem grandes escrúpulos e que só quer dinheiro para comprar o 911.
- E por último, a emigrante polaca já dos anos 60/70, que é uma sentimentalona e patriota inveterada (ao contrário da sua filha, já nascida em Londres e que se está nas tintas para a Polska).

2 comentários:

Ricardo Taipa disse...

Já vi alguns episódios.

Acaba por ser um retrato da "Polonia" em Inglaterra mas falta o verdadeiro putedo que vive do sexo, os alcoólicos, os que vivem à pala dos "benefits" da segurança social britânica e os polacos que se aproveitam dos outros com todo o tipo de esquemas que funcionam com os inexperientes ou recém-chegados.

Afinal é um telenovela e a realidade por vezes não é tão agradável de se saber e de se ver.

Geraldo Geraldes disse...

Eu vou papando os episódios um a um. Os exemplos que eu dei eram só de um episódio.

Quanto ao putedo que vive do sexo, nos episódios que vi ainda não apareceu. Os alcoólicos com abrigos precários apareceu. Os que vivem à pala dos social benefits ainda não vi. Quanto aos polacos que se aproveitam dos esquemas para com os recém chegados, isso era impossivel de não ser mostrado (foi-o nos primeiros episódios).

Mais do que o putedo, acho que faz falta uma personagem com algum relevo que faça limpezas ou trabalhe num supermercado. Mas pronto, é uma telenovela razoável de se ver.