segunda-feira, novembro 01, 2010

Estereótipo da personalidade da polaca

Acho que é geralmente aceite a ideia de que uma polaca normal é mandona. As razões para isso assim ser desconheço a fundo, tenho uns palpites, mas abstenho-me de os colocar aqui. Imagine-se uma situação de que o marido está atrasado na hora de chegar a casa ao final da tarde, e a mulher lhe liga. Tomando como exemplo outros dois estereótipos (o da portuguesa e da brasileira), a coisa seria mais ou menos assim:
- Portuguesa: "...olha lá, mas onde é que tu andas para ainda não teres chegado? Tás no trabalho ou andas para aí enrolado com alguma secretária galdéria???...""
- Brasileira: "....oi amor, então vai demorar muito a chegar? Estou esperando por você. Vem rápido, vem....."
- Polaca: "Olá. Daqui a meia hora estás em casa."

7 comentários:

Ricardo Taipa disse...

Bem... por acaso nem acho as polacas muito mandonas mas isto de mulheres quem as vá entender. Como dizia um amigo meu lá de Famalicão: "se as mulheres trouxessem um manual de instrucoes continuavas sem perceber um c*******

Geraldo Geraldes disse...

Do que eu vi, o mínimo que posso dizer é conheci muitas com uma personalidade forte e decididas. Mais do que os gajos. Daí a serem mandonas, é um pequeno passinho :)

PM Misha disse...

daquilo que eu vi, decididamente tens razão.
começam por ser uns docinhos mas ao fim de um bocado põem e dispõem com um à-vontade incrível.
são mesmo elas que dizem que "os homens são a cabeça da família mas as mulheres são o pescoço"

zekarlos disse...

Daquilo que eu vi, acho que vocês têm toda a razão.
E para que as coisas corram bem, só tenho duas sugestões a fazer:
"1. Sempre que estiveres errado, admite; 2. Quando estiveres certo, cala-te" – Patrick Murray

Geraldo Geraldes disse...

Ainda bem que ao contrário do Ricardo confirmaram a minha opinião.
É mesmo isso Misha, parecem umas coisinhas fofas de olhinhos clarinhos, mas se um gajo não se põe a pau fica tipo caniche. Mas se calhar é também por isto que tantos tugas gostam delas...

Ricardo Taipa disse...

Se calhar também é por isso que há imensos divórcios...

Recordo-me de uma polaca, nos seus 50 e tal anos, que, numa discussão estúpida, me falou "do alto da burra" ao que lhe respondi no meu broken Polish: se calhar fala assim com o seu marido mas comigo não, krótki piłka dobrze? :))

Anónimo disse...

Eu sou portuguesa e e´ exatamente assim que eu falo! acontece que o meu ex e´ nordico e achava me muito ciumenta e agora esta´ com uma polaca.Leva pouco tempo mas vejo pelo facebook dele que ela e´ muito dominante e sarcastica ,reprimindo ele em publico... coitado saiu duma ciumenta possessiva para ficar com uma mandona!!!!