sexta-feira, novembro 02, 2007

Guia Mabor - Clubes II

Falar da noite de Cracóvia, e não mencionar o Cień (www.cienklub.com/) é um pecado e um hino à ignorância. Por isso, é chegada a altura de falar do melhor clube/discoteca de Cracóvia. Bem localizado, a 3m pé da praça central, este é o melhor sitio para sair à noite a partir da 1 da matina. A música, das 27 ou 32 vezes que lá fui, só em duas delas foi aceitável (predomina o house, mas nada de especial). As instalações são numa cave. Durante os fins de semana, há um número excessivo de gajos (estrangeiros muitos). Não raras vezes tem de se pagar para entrar, e nem sempre é líquido que se consiga entrar numa 6ª ou sábado. Até agora, nada de muito positivo.
Mas começa por ter porteiras a fazer triagem das pessoas. Malta com mau aspecto /podre de bêbada dificilmente entra. Para uma cave, consegue ter duas pistas de dança, três bares, uma zona VIP, e duas salas para relaxar/conversar/testar o material. Quanto à clientela, é a história do ovo e da galinha para saber quem chegou depois de quem. Se as polacas hiper-produzidas com pernas até ao pescoço e saias até ao umbigo à procura de patrocinadores, ou se os estrangeiros à procura de uma relação duradoura de uma noite. Pessoalmente, é um bom sítio para ir durante uma 4ª/5ª feira por volta da meia noite com o espaço a meio gás, mas livre das hordas de turistas. A principal vantagem, e única razão porque ia muitas vezes a este sítio tem a ver com o facto de ser um sítio bastante seguro. 3 ou 4 seguranças com antebraços da largura de uma cintura normal, também garantem que as pouquissimas situações que vi alguém ser expulso, sejam feitas com prontidão. Além disso, é dos poucos sítios que aguenta até para lá das 3 da manhã (o que na Polónia equivale às 6 da matina em Portugal)
Em noite excepcionais, o espaço duplica com a abertura de um primeiro andar contíguo, que basicamente é um apartamento enorme. Mas só muito raramente acontece.

3 comentários:

Tiagowski disse...

- Quantos são?
- Hmmm... somos 13.
- OK. Podem entrar!

:-)

PM Misha disse...

nunca mais me esqueço: à porta do frantic estavam alguns irlandeses a ser barrados. eu estava num grupo de 8 amigos e disse "jestesmy z portugalii"
o gorila abriu alas por meio deles, a miúda da porta recebeu os nossos zlotys com um simpático "proszę", a festa da vodka finlândia durou até às tantas e dos ursos irlandeses não reza a história.
que saudades de cracóvia!

Filipe disse...

Cien uma disco bastante interessante, sempre que ia la, nao dispensava uma visita a um barzinho (nao me recordo do nome) mesmo ao lado, com um ambiente muito bom :)

Frantic e Prosak: grandes noites.

Mas uma disco que gostava bastante de ir, ao qual eu chamava de MATADOURO (não sei dizer nem escrever o nome em polaco:))situava-se mesmo ao lado do Frantic e não havia noite em que os seguranças nao aparecessem na pista com um bastao, para arriar em polacos :)

para nao dizer que se fosse Turko nao entrava :)

que saudades :